O que é o nanoglass - Madepal - Portas e Janelas BH
Belo Horizonte-MG (31) 3526-1000 Seg a Sexta - 8:00 às 18:00 / Sábado de 08:00 às 14:00
 
SOLICITE UM ORÇAMENTO

YOUR CART

Edit Cart
  • No products in the cart.
O que é o nanoglass

O que é o nanoglass

A tecnologia evolui a cada dia e sempre nos oferece inovações para melhorar nossas vidas. Com o mundo da construção civil não é diferente, uma vez que novos materiais e técnicas são desenvolvidos e colocados no mercado constantemente, aumentando assim a qualidade das obras e dos acabamentos em lares e outros estabelecimentos.

Exemplificando esse tipo de inovação, o nanoglass é uma tecnologia que parece vir para ficar. Esse material pode ser o ideal em vários locais e ambientes, além de ter uma durabilidade e resistência. Como escolher os melhores elementos para o acabamento de sua obra é essencial, nesse artigo iremos falar mais sobre o nanoglass e como ele pode ser utilizado!

O que é o nanoglass?

O nanoglass é um material inteiramente industrializado e proveniente de processos químicos e físicos. Basicamente, a sua composição é formada por resina e pós de vidro, tornando-se também uma boa alternativa para ajudar o meio ambiente, já que se trata de uma reutilização.

O nome do material – nanoglass – diz bastante sobre a forma como ele é fabricado: a partir de equipamentos nanotecnológicos, com técnicas de fusão e procedimentos físicos e químicos – de onde forma-se o prefixo nano –, o resultado é um material liso e que se assemelha ligeiramente com o vidro ao toque. No entanto, a sua aparência não é translúcida.

Na grande maioria das vezes, o nanoglass é utilizado em pias e bancadas, no banheiro ou na cozinha. No entanto, a sua utilização é bem mais diversa do que isso, podendo ser aplicado até como material para o assoalho.

Segundo especialistas, o nanoglass é um material de acabamento que vem para ficar. Isso se dá pelo fato de que o mercado tinha uma grande demanda – e nenhuma oferta – de materiais que tivessem propriedades parecidas com o mármore e o granito, mas que, diferentemente desses últimos, fossem inteiramente brancos, sem nenhum textura com pontos de outra cor.

Por que usar o nanoglass?

O mercado de acabamentos, principalmente quando o assunto são os materiais para pias e bancadas, possui grande variedade, mesmo antes da existência do nanoglass. Nesse sentido, alguns consumidores podem se perguntar o porquê de escolher esse material, isto é, quais são os seus diferenciais e vantagens em relação ao que já poderia ser encontrado anteriormente.

Algumas dessas características podem ser vistas abaixo:

– Visual mais luxuoso:

Mesmo que você procure bastante em todas as lojas de acabamentos na sua cidade, não conseguirá encontrar um só tipo de mármore ou granito que seja inteiramente branco, sem pontos em outra cor ao longo de sua extensão. Isso se dá pelo fato de que esses dois materiais são provenientes de misturas da natureza, ou seja, são naturalmente multicolores.

No entanto, no caso do nanoglass é possível ter um material inteiramente branco, dando um toque de luxuosidade para a sua casa. Infelizmente, como é um elemento importado de outros países, o nanoglass só pode ser encontrado no mercado brasileiro em sua cor branca, apesar de poder ser fabricado e oferecido em outras tonalidades em países do exterior.

– Não encarde nem mancha:

Já observou que, depois de alguns anos, o mármore e o granito, principalmente aqueles com tonalidades mais claras, apresentam manchas e encardidos em sua superfície. Isso se deve ao fato de que estes são materiais que podem reagir com alguns produtos químicos, resultando na alteração da cor.

Como é um material industrializado e feito a partir de resíduos de vidro, o nanoglass, mesmo que seja exposto a substâncias químicas, não apresentará manchas ao longo dos anos.

– Alto brilho:

Se você quer sempre dar uma sensação de limpeza para a sua casa, o nanoglass pode ser o material perfeito para você! Isso se dá pelo fato de que o produto tem um brilho próprio, mesmo se não estiver nas melhores condições de limpeza.

– Facilidade na limpeza:

Por ter uma superfície extremamente lisa, o nanoglass é um material bastante fácil de limpar. Apensar um desinfetante – ou desengordurante – em um pano pode ser o suficiente para uma limpeza diária. Perfeito para aquelas pessoas que não possuem muito tempo disponível!

Cuidados com o nanoglass

Como todo material novo, o nanoglass também necessita de alguns cuidados especiais para que não apresente algum mau funcionamento. Em primeiro lugar, é importante que ele seja aplicado por um profissional que tenha experiência nessa atividade.

Por ser um elemento muito rígido o nanoglass não é muito resistente a impactos contra o chão e contra a parede, podendo resultar em trincos. Além disso, nesses casos, não é um material que aceita resinas para a reconstrução.

Ademais, o nanoglass não deve ser exposto à temperaturas muito altas. Por ser um elemento de baixa porosidade – o que é um benefício contra as manchas e as infiltrações – ele pode trincar com alguma facilidade nessas condições. Acontece que todos os materiais, quando expostos a situações de altas temperaturas, necessitam de expandir. Como não é muito espaço – devido a sua densidade – algumas rachaduras podem aparecer.

Diferença entre nanoglass e marmoglass

Com nomes bastante parecidos, é comum que as pessoas confundam o nanoglass com o marmoglass. E eles não estão de todo errados!

Em relação a grande maioria de suas propriedades, como dureza, porosidade, resistência, durabilidade, dentre vários outros, os dois materiais tem atuação quase idêntica. Isso se dá pelo fato de que eles são gerados a partir do processo, isto é, procedimentos de nanotecnologia com exposição a substâncias químicas e processos físicos.

A única diferença está na composição: enquanto o nanoglass é formado apenas por resina e pó de vidro, o marmoglass – como o nome já sugere – é composto por resina e pó de vidro, além de pó de mármore.

Além dessa mudança técnica, a adição do mármore na composição do material origina uma diferença essencial, que está relacionada com a sua visualidade. O marmoglass não é uniforme como o nanoglass, tendo alguns pontos pretos ao longo de sua superfície.

Sendo assim, se o seu objetivo for um elemento com boa durabilidade e que pode ser colocado em ambientes como banheiros e cozinhas, além de expostos a diferentes substâncias químicas, sem se importar tanto com a uniformidade do visual, o marmoglass também pode ter uma boa alternativa.

About Author : root
YOU MAY ALSO LIKE