Belo Horizonte-MG (31) 3526-1000 Seg a Sexta - 8:00 às 18:00 / Sábado de 08:00 às 14:00
 
SOLICITE UM ORÇAMENTO

YOUR CART

Edit Cart
  • No products in the cart.

Madeira cambará

Madeira cambará

Desde a antiguidade, as madeiras de árvores são utilizadas para a confecção de vários elementos no nosso dia a dia. Ao longo da evolução das nossas tecnologias e do desenvolvimento de novas técnicas, tornou-se possível a utilização desse material em várias funções para o ser humano, que podem ir desde a construção civil, como vigas, telhados e paredes a elementos de decoração domésticos e até a objetos bastante úteis, como as mesas, os guarda-roupas, as portas, dentre outros.

Desse modo, se você olhar em volta nesse exato momento, provavelmente verá vários elementos feitos essencialmente de madeira, percebendo que esse material é bastante utilizado até os dias de hoje.

Contudo, é também bastante perceptível que, apesar de serem todos feitos de madeira, muitos deles possuem bastantes diferenças entre si, quando ao seu aspecto visual e até mesmo de textura. Isso ocorre pelo fato de que a madeira pode ser retirada de várias espécies de vegetais e ser trabalhada de diferentes formas.

Cada espécie e técnica produz um resultado final diferente, que acaba sendo apropriado para distintas funções. Para melhor entendimento do leitor, podemos dar um exemplo: a maioria das mesas de computadores é feitas de madeira, que podem ter colorações bastante variadas e uma textura que é geralmente lisa. As portas, que também sabemos que são feitas desse material, no entanto possuem um visual bem diferente, principalmente se considerarmos a textura e compara-la com a de uma mesa de computador.

Por isso, nesse texto iremos falar da madeira Cambará, retirada de uma árvore de mesmo nome e bastante utilizada pelo ser humano para variadas finalidades, principalmente relacionadas com a construção civil e confecção de embarcações.

A árvore Cambará

A Cambará, também chamada de Candeia, é uma árvore bastante presente no Brasil, da família intitulada de Asteraceae (que também contém outras espécies bastante conhecidas, como o girassol, a margarida e a camomila). Sua ocorrência se dá nos seguintes estados: Pernambuco, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás, Bahia, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Apesar de poder ser encontrada na Mata Atlântica, é mais comum no Cerrado brasileiro. A maioria das árvores dessa espécie é encontrada no Brasil, mas esta não é endêmica dos territórios tupiniquins.

É uma árvore de tamanho médio, que pode variar entre 6 e 12 metros. Seu tronco, de onde é retirada a madeira para uso, possui um diâmetro entre 60 e 80 cm, de tipo tortuoso e com uma casca com aparência solta. Suas folhas são simples e de coloração interessante, tendo em vista que na parte de cima apresentam um verde vivo e na parte inferior apresentar algo que se assemelha a um branco prateado. E é dessa característica que decorreu o nome popular dado a essa espécie. Cambará é derivado da língua tupi, e o seu significado de forma livre é “planta de várias cores”.

Além da madeira, muito utilizado para finalidades civis, as folhas da árvore cambará também possui uso ativo para o ser humano, uma vez que as propriedades destas permitem a produção de um chá, muito indicado para a melhora da tosse. Além disso, também é matéria prima para a confecção de um xarope com as mesmas finalidades. Sua copa cinzenta e bem ornamentada a fazem uma boa opção para ser usada no paisagismo.

Outra curiosidade sobre essa espécie é que ela funciona como um indicador da qualidade da terra em que está inserida. Dessa forma, caso a ocorrência do Cambará seja comum em algum território, isso indica que aquele solo é de má qualidade, pois é pobre em matéria orgânica.

A madeira do Cambará

Como já falado anteriormente, a madeira cambará é muito utilizado para várias finalidades pelo ser humano. Isso se deve às suas características, que serão detalhadas nesse tópico do texto.

Esse tipo de madeira é possui uma densidade média, que pode variar de 0,66 g/cm³ até 0,77 g/cm³. Essa característica dá uma durabilidade considerável para a madeira, que não é muito pesada, o que permite sua utilização para a construção de telhas e telhados, por exemplo.

Quando a casca é retirada, a madeira cambará possui uma coloração que se aproxima de um branco gelo. Após ser trabalhada, com técnicas de corte e polimento, essa cor se transforma, chegando mais próxima de um amarelo claro. Ao longo do tempo, esse amarelo se torna bege e algumas manchas castanho-claro podem surgir.

A sua trabalhabilidade é boa, tendo em vista que essa madeira pode ser cortada de maneira fácil com instrumentos manuais ou mecânicos. Não possui muito brilho e, inicialmente, sua superfície é lisa, mas alguns “pelos” podem aparecer ao longo do tempo, principalmente se não for submetido à aplicação de vernizes. Sua durabilidade ao longo do tempo é boa.

Quanto à resistência conta cupins, a madeira Cambará se apresentou eficiente, uma vez que os testes demonstraram que tais organismo não são atraídos por essa espécie de madeira. Um dos pontos mais importantes desse tipo de madeira é a sua permeabilidade, pois esta se mostra praticamente impermeável, o que a torna ideal para várias funções, principalmente atrelada com a construção civil.

Utilizações da madeira Cambará

A partir de todas as características descritas acima sobre esse tipo de madeira, a cambará se torna ideal para algumas aplicações no nosso dia a dia. Desse modo, ela é utilizada nas seguintes formas:

  • Construção civil: Por ser consideravelmente densa e possuir uma boa durabilidade ao longo dos anos, a madeira cambará é recomendada para uso em construção civil. Seu baixo nível de permeabilidade faz com que seja ideal para a realização de vigas e telhados, que estarão suscetíveis a consecutivas situações diferentes de clima, como a chuva, o Sol e o frio. Além disso, também é utilizada em forros, esteios e esquadrias;
  • Assoalhos: Suas características também tornam ideal para a utilização no chão, principalmente para decks. Para esse uso, é indicado o trabalho com verniz;
  • Embarcações: As curvas dos troncos e das raízes fazem com que a madeira cambará seja ideal para a construção de embarcações;
About Author : root
YOU MAY ALSO LIKE