Belo Horizonte-MG (31) 3526-1000 Seg a Sexta - 8:00 às 18:00 / Sábado de 08:00 às 14:00
 
SOLICITE UM ORÇAMENTO

YOUR CART

Edit Cart
  • No products in the cart.
Brinquedos de madeira mais tradicionais

Brinquedos de madeira mais tradicionais

O mundo passou por significativas mudanças durante o século atual. Os desenvolvimentos tecnológicos são frequentes, o que afeta diretamente alguns hábitos cotidianos na vida das pessoas de todas as idades. Dependendo de qual for a sua idade, sua reação será diferente a esse tipo de afirmação: os mais velhos vão concordar, fazendo observações sobre como o mundo está diferente em relação a sua juventude, enquanto os mais jovens vão se perguntar como essas pessoas viviam tranquilamente sem as facilidades do mundo atual.

Quando pensamos em infância, essa memória nostálgica se potencializa. Enquanto as crianças de hoje se concentram em videogames e outras tecnologias do tipo, algumas décadas atrás, os brinquedos de madeira dominavam boa parte desse mercado. Caso você acompanhe nossos artigos, já sabe muito bem alguns dos principais pontos fortes da madeira enquanto matéria-prima: resistência, durabilidade, fácil manuseio e versatilidade na aplicação. Observando tais características, fica fácil entender porque a madeira também foi importante no entretenimento.

Nesse artigo, vamos relembrar alguns dos principais brinquedos de madeira, que certamente vão despertar memórias em quem teve a oportunidade de brincar com eles.

Brinquedos de madeira mais tradicionais

Alguns dos brinquedos de madeira estão entre os mais tradicionais do costume brasileiro. Fugindo um pouco da tradicional bola, das bonecas e bonecos e das bicicletas, temos alguns itens que eram quase que imprescindíveis na rotina das crianças algumas décadas atrás. Vamos começar, claro, pelo principal deles, o pião.

Pião

O pião é tanto o nome do objeto como o nome do próprio jogo em questão. Essa é certamente uma das brincadeiras mais tradicionais da infância e, por toda sua simplicidade para a prática e também para a aquisição desse objeto, era normal que os pátios das escolas estarem lotados de crianças com seus piões.

Para praticar essa brincadeira, é bem simples, você precisa apenas de um pião e um cordel para cada jogador. E a brincadeira, como funciona? Você deve enrolar muito bem o cordel por volta do pião, sem deixar folgas. Depois, o cordel deve ser segurado com a mão pela pontinha que fica solta; ao se posicionar para realizar o lançamento, deve-se desenvolver o cordel, impulsando com sua mão, puxando-o para que o pião comece a girar com velocidade.

Uma das modalidades da brincadeira que reúne os amigos é jogar em uma denominada “raia grande”, onde uma espécie de campo circular é marcada, geralmente de um metro de meio, em que os jogadores atiram seu pião e tentam jogar os dos adversários para fora do círculo.

Bilboquê

Muitos desses brinquedos que estão sendo mencionados aqui podem ser considerados até folclóricos dentro de cultura brasileira. Um dos exemplos  é o bilboquê, brinquedo simples, mas que fez companhia a grande parcela das crianças em seus grandes dias. Hoje, existem diversas versões de bilboquê, que são bem mais simples, em que é necessário apenas uma garrafa pet, uma corda e sua tampa, para montar a estrutura com a finalidade de jogar a tampinha (que também pode ser uma bolinha) para dentro da garrafa pet cortada com a parte maior virada para cima.

Mas, como o assunto desse artigo é madeira, vamos relembrar a versão original do bilboquê, que era feita com esse material e complicava um pouco mais para os jogadores.

O bilboquê original conta com duas estruturas de madeira, uma mais final e na vertical, que você segura o brinquedo. A outra é um pouco mais volumosa e pesada, também com a corda amarrada, que tem um buraco no meio onde a parte fina deve se encaixar. Ou seja: ao contrário dos bilboquês mais recentes, em que é bem fácil concluir o objetivo da brincadeira, os tradicionais são bem mais complicados de se conseguir.

Futebol de prego

O futebol de botão você certamente conhece, mesmo nos tempos atuais, mas existe uma versão ainda mais antiga desse tipo de jogo que já fez a alegria de bastantes crianças. Uma tábua de madeiras com pregos que simulavam o posicionamento de jogadores. Além disso, a única coisa que se precisava para brincar era uma moeda, que simularia a bola.

Confira outros brinquedos de madeira tradicionais:

Carrinho de rolimã

Casinha de boneca

Xilofone

About Author : root
YOU MAY ALSO LIKE